[ editar artigo]

As 5 prioridades do RH para 2021

As 5 prioridades do RH para 2021

 

Ei, RH! 2020 está chegando ao fim e a gente quer saber quais serão as suas prioridades para 2021!

Nós, da nw2, estamos sempre ligades e acompanhando os principais movimentos do mercado. Queremos compartilhar com vocês o resultado de uma pesquisa da Gartner, empresa global de consultoria e pesquisa, com mais de 800 líderes de RH, de mais de 60 países. De acordo com a Gartner, as 5 principais prioridades para o RH em 2021 serão:

1 - Desenvolvimento de competências e habilidades críticas da força de trabalho

Apenas 19% dos entrevistados responderam que sua força de trabalho consegue efetivamente mudar de direção com base nas necessidades ou prioridades em transformação.

Identificar as principais lacunas de competências dos seus colaboradores, integrar o aprendizado ao fluxo de trabalho do colaborador e criar soluções de desenvolvimento de competências na velocidade necessária são os principais desafios.

2 - Design organizacional e gestão da mudança

Todas as organizações estão passando por transformações significativas e quase 40% dos líderes de RH não acreditam que seus gestores estejam preparados para liderar a mudança.

O desafio aqui é criar um design organizacional no qual os colaboradores possam ser responsivos, respondendo rapidamente às necessidades dos clientes, e resilientes, para que possam se recuperar e prosperar depois de situações adversas.

Trata-se de uma mudança significativa: do design para eficiência para o design para flexibilidade.

3 - Planejamento e preparação da liderança (atual e futura)

Aqui, o desafio é aumentar a diversidade na liderança, melhorar o planejamento de sucessão e acertar no desenvolvimento da média gestão.

Apesar da atenção e esforços para aumento da diversidade nas organizações, o progresso tem sido devagar e pouco significativo quando falamos de liderança. Isso precisa mudar e esse será um dos focos dos líderes de RH para 2021.

4 - Futuro do trabalho

O futuro do trabalho será uma das pautas prioritárias em 2021, pois a maioria dos líderes responderam que não possuem uma estratégia clara para isso até o momento e os efeitos da pandemia aceleraram essa necessidade.

Um dos desafios é lutar para adaptar e alinhar sua estratégia e processos de gestão de talentos às mudanças do mercado.

Outro ponto crítico aqui é que muitos responderam que não estão preparados ou não sabem como lidar com as mudanças geradas pela inteligência artificial e automação e seus impactos na força de trabalho.

Sobre o futuro do trabalho, o RH precisa identificar quais as tendências são relevantes e impactam o seu negócio (ex. mais colaboradores trabalhando remotamente, aumento do uso de dados dos colaboradores, uso mais amplo de trabalhadores temporários sob demanda, etc), para que possam assim fazer o seu planejamento estratégico e adaptação de suas práticas e serviços.

5 - Employee experience e novas necessidades

O desafio aqui é ter uma estratégia com foco em employee experience, medir o impacto dos investimentos realizados na melhoria da experiência e possuir um EVP que comunique a experiência do colaborador prometida pela organização.

Em meio à mudança para o trabalho remoto e modelos híbridos de força e trabalho, o RH deve preservar a cultura da empresa e garantir que a experiência do colaborador corresponda às expectativas e necessidades dos funcionários.

Para 2021, o RH precisará lidar com o impacto do trabalho remoto na experiência do funcionário, ou seja, adaptar toda a experiência do colaborador ao longo do seu ciclo de vida considerando uma força de trabalho híbrida, onde as pessoas poderão estar no escritório, em casa ou em qualquer outro lugar!

Outro ponto importante é o entendimento das novas necessidades e expectativas dos colaboradores neste novo contexto, o que impacta na mudança do EVP (employee value proposition ou, em português, proposta de valor ao empregado) das organizações. Saúde mental, propósito e responsabilidade social são agora componentes essenciais da proposta de valor.  

 

Diante desses desafios, acreditamos que o RH precisa adotar o mindset e práticas ágeis na sua gestão para ajudá-lo a ser mais estratégico, contribuindo para o resultado do negócio e agregando valor para as pessoas e cliente final.

 

Estamos acompanhando a transformação ágil do RH e ajudando inúmeras organizações nesse processo. E o seu RH, já começou essa transformação? Se ainda não, o que está esperando?? 2021 promete ser bastante desafiador... então, comece já!!

Aproveito para desejar Boas Festas e um ótimo 2021 para todos!

 

BE A CHANGE MAKER
Marcela Dario El-moor
Marcela Dario El-moor Seguir

Sócia fundadora da nw2, apaixonada por pessoas, cultura organizacional, liderança e tendências. Me defino como uma change maker, porque estou sempre disposta a mudar o status quo e o modus operandi das organizações.

Ler conteúdo completo
Indicados para você